KA1

Projeto KA1 - Mentes Diferentes

O projeto Mentes Diferentes, insere-se na ação-chave 1 – Ensino Escolar e prevê a formação, em contexto internacional, de 13 docentes do ensino regular oua lecionar a componente sócio-cultural dos cursos profissionais.

Em consonância com as necessidades estratégicas do Agrupamento e o interesses dos candidatos (manifestado via questionário em fase de candidatura), a equipa do projeto selecionou, para a realização de atividades de Job shadowing, 3 escolas que alinhavam com a nossa VISÃO de Escola e priorizou um conjunto de cursos estruturados nas seguintes áreas-chave:

  • A. Coaching educacional e neuroeducação;
  • B. Gestão de sala de aula;
  • C. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem e reforço da aquisição de competências-chave;
  • D. Internacionalização e Línguas estrangeiras;
  • E. Liderança e Administração (eg. Participação, comunicação e reflexão entre stakeholders do AE; Formação interpares; Qualificação dos recursos humanos).

 Para mais informações consulte a página web do projeto.

Clique para consultar mais informação

Projeto Erasmus+ "M.O.R.E - Melhores Organizações Resultados Eloquentes"

um projeto no âmbito do programa Erasmus +, ação-chave 1 – mobilidade individual para educação e formação.

Num mundo global,  as soluções surgem pela partilha. Nenhum país ou instituição consegue responder eficazmente aos problemas/desafios que se lhes colocam agindo de forma isolada. Por isso, o Plano Estratégico de Desenvolvimento Europeu – 2015 -2020 (PEDE 2015-2020) do Agrupamento de Escolas, respeitando os objetivos consignados na  estratégia Europa 2020, patenteia o desenvolvimento de uma cultura de partilha a nível interno, local, regional e transnacional, com vista a apetrechar o pessoal, docente e não docente, de ferramentas que lhes permitam lidar com os novos interesses das crianças e jovens, capacitando-os para se constituírem atores ativos do seu processo de desenvolvimento, motivando-os no sentido de prosseguirem os seus estudos e preparando-os para a futura inserção no mercado de trabalho, que se afigura global, a desenvolverem-se as competências de empreendedorismo, tecnológicas e o multilinguismo.

O projeto M.O.R.E, financiado pela União Europeia, contribui de forma relevante para os objetivos do PEDE 2015-2020, designadamente por permitir incluir, diretamente, nos próximos 2 anos, 20% do pessoal docente em projetos de cooperação e/ou formação transnacional até 14 dias. Esta meta permitirá beneficiar, direta ou indiretamente, cerca de 50% dos alunos do AE, seja pela aplicação das novas estratégias de ensino e aprendizagem incorporadas pelos docentes pós-mobilidade, seja pela participação em projetos transnacionais com recurso a ações de mobilidade ou a plataformas online (e.g. eTwinning), assentes na utilização de competências multilinguísticas e digitais.